sábado, 7 de novembro de 2015

O Ipu na linha das opiniões sobre os políticos desta geração.

O índice de corrupção e a falta de um Projeto Político Administrativo deixa a maioria dos governantes em "saia justa" perante o eleitorado em 2016. Assim começamos a traçar nosso pensamento democrático sobre política e sua classe de alunos, seja ele, veteranos ou novatos. Amigos!!! Nunca na história política brasileira a imagem de um "político" tem sido afetada pelo total desinteresse, apatia e repulsa do eleitor em relação a classe, haja visto, os índices de abstenções crescentes a cada eleição em nosso país.
Se voltarmos em algumas páginas de nossa história, desde a República, os golpistas e os contragolpistas tem sua cadeia acentuada e marcante desta triste história da nossa democracia. Esses grupos que se alternam no poder trabalham negativamente para a imagem frustrante do mau político, isso acaba sobrando para o julgamento do povo como um resíduo de constantes imagens de que político é ruim, é desonesto, é falso e ainda padece de outros males.
Em um crônica lírica divulgada no editorial de um grande jornal de circulação nacional, mostra que, durante o regime de 64, houve até a contraditória figura de indivíduos que ocupavam cargos públicos de livre nomeação mas faziam questão de se dizerem "apolíticos", vejam que contradições!!!
Em Ipu! a palavra "mesmice" virou uma febre de opiniões, muitas vezes, até contraditórias por parte de alguns ipuenses, embora em sua significância, o termo soa como uma monotonia, um marasmo, neste contexto, o que notamos em diversas opiniões expressivas e democráticas do nosso povo, é o "clame" de que não temos uma esperança de um projeto político administrativo que venha a pensar o município de Ipu, em um eixo de destaque em toda a região ibiapabana. Para uns, o município viveu na sombra de um "pesadelo" de corrupção, mas que precisa acordar para um nova realidade de progressoBaseado nestas opiniões, talvez até, frustrantes! Isso pode ser uma "porta aberta" para que os políticos que estão aí, expondo seus nomes para a execração pública nas eleições de 2016, tenha essa visão que os guerreiros da Terra de Iracema, Ipu clamam por um projeto político administrativo para alavancar nossa terra, seja ele, na esfera do Legislativo, seja ele no Executivo.
Em uma pesquisa do Ibope realizada na grande São Paulo, mostrou tudo isso que falamos sobre o descrédito na classe política, segundo a pesquisa, 64% disseram desconfiar da administração municipal, 69% da Câmara de Vereadores e 63% do Tribunal de Contas do Município. E, mais, gostariam que 56% dos políticos pesquisados deixassem a cidade para sempre.
Isso reflete lamentavelmente o fermento do processo de deterioração da figura do "político", daqueles que queira ou não o apoio do povo, onde serão nossos próximos governantes e representantes legislativos. É preciso, com toda urgência, adotar procedimentos para devolver ao povo a satisfação de votar e lançar ao passado histórico, como mau exemplo, as eleições onde o povo vota no candidato “menos mau”. Reflitam senhores políticos!!!!

*** Afrânio Soares (Redação do Portal de Notícias Aconteceu Ipu)

# Compartilhar :

Tecnologia do Blogger.