quarta-feira, 11 de novembro de 2015

Câmara Municipal de Ipu poderá ter novo formato já em 2016

A história política ipuense sempre foi marcada pela bipolaridade. A configuração está pautada na disputa entre dois grupos que revezam-se no "poder". Temos em um polo a situação e no outro a oposição. Interessante destacar a heterogeneidade entre ambos os grupos tendo em vista que são compostos por indivíduos que já figuraram pelos dois lados o que denota uma falta de identidade política. São poucos os indivíduos que são genuinamente de um só "lado" político em Ipu.
Sabe-se que o movimento "terceira via" é algo inovador no cenário político nacional. Nos municípios interioranos a ideia de "terceira via" recebe todo um arsenal de crítica, pois para muitos é interessante manter o formato bipolar e não dar margem ao surgimento de um novo pensar político.
O movimento "terceira via" é mau visto nesse sentido porque atrapalha os interesses políticos de uma pequena classe dominante que está totalmente desacreditada pelo eleitorado.
O cidadão ipuense quer ter a sua cidade transformada com mais infraestrutura, educação e saúde de qualidade, incentivo as práticas esportivas, comércio fortalecido, agricultura desenvolvida, cultura em ascensão, mais emprego e geração de renda, dentre outras benesses. E isso não se ver na forma antiga de fazer política em Ipu!
Nos bastidores políticos está a acontecer uma série de acordos entre os que fazem a política ipuense. Caso seja firmado algumas parcerias sentiremos as primeiras mudanças já no legislativo local onde haverá a concretização do ideal de "terceira via". Se tudo for acertado da forma como nos foi repassado o ipuense verá na Câmara Municipal, de um lado os edis de oposição, de outro a situação, e ao centro os edis de terceira via, que embora continuem a ser de oposição à situação, não concordam com o modus operandi de fazer política dos atuais grupos de oposição e situação. Será a implantação de uma nova ordem política em Ipu. Novos atores, novos ideais, enfim, algo inovador que provoque a transformação social, político, cultural e econômica de Ipu.
É aguardar as próximas cenas!

***** Rárisson Ramon (Opinião publicada na sua página do Facebook).

# Compartilhar :

Tecnologia do Blogger.